Utopia Online

‘O cortiço’ revela curiosidades sobre a vida carioca

Posted by jornalutopia em outubro 14, 2008

Um dos livros mais famosos do escritor Aluísio Azevedo trata de um tema bastante complexo existente nos dias atuais: habitação. A obra traz uma referência direta a um cortiço carioca do século 19. Nesta época o Brasil já possuía problemas de habitação e isso é revelado no texto de O Cortiço. Em sua descrição o autor, revela uma relação bastante próxima entre a classe média e a marginalidade.

O cortiço passa uma grande transformação ao longo do livro e se transforma numa moradia dedicada a classe média. Um dos personagens centrais do livro, João Romão, persiste por toda a narrativa em sua fixação em acumular fortuna à custa de exploração dos mais pobres e assumir uma posição social semelhante a de seus vizinhos que vivem cercados de luxo, mas estão em verdadeira decadência.

A obra de Aluísio Azevedo no transporta para uma imagem alegórica da vida que cerca os moradores de zonas precárias. Para isso, ele acumula uma série de comportamentos, histórias e falas que se apropriam de características dessas pessoas que existem até hoje em nosso País. Uma série de dramas humanos são retratados no livro e que ganham mais veracidade devido a influência que o cortiço exerce sobre seus moradores, tudo passa a ser mais real do ponto de vista social.

 

+ Leia mais sobre ‘O cortiço’

 

Anúncios

Uma resposta to “‘O cortiço’ revela curiosidades sobre a vida carioca”

  1. […] ‘O cortiço’ revela curiosidades sobre a vida carioca […]

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: