Utopia Online

Archive for the ‘Habitação’ Category

Desigualdade social no horário nobre

Posted by jornalutopia em outubro 14, 2008

A novela Duas Caras, exibida pela TV Globo, teve entre os seus principais temas a ocupação de uma área abandonada por trabalhadores nordestinos que estavam desabrigados e que formaram a favela da Portelinha. A comunidade se desenvolveu e passou a abrigar um número grande de personagens que eram o elo entre outros núcleos da trama.

O mais relevante é que a novela tratava de fatos comuns como alcoolismo, preconceito, prostituição e violência, porém a estrutura da favela não se rompia devido à interferência do personagem Juvenal Antena, interpretado pelo ator Antonio Fagundes, e pelo espírito de união e comunidade que fazia parte dos personagens da novela. A trama foi exibida no horário nobre da emissora de maior audiência do País. A história teve um papel de importância no afastamento de relações entre pobreza e desorganização, devido às atitudes e posições políticas adotadas pelos personagens, mesmo possuindo um líder ditador e ao mesmo tempo muito próximo aos problemas de sua comunidade.

 

+ Saiba mais sobre ‘Duas Caras’

 

Anúncios

Posted in Entretenimento, Habitação, Política | 1 Comment »

‘Cidade de Deus’: realidade brasileira tipo exportação

Posted by jornalutopia em outubro 14, 2008

O filme, dirigido por Fernando Meirelles, foi indicado a quatro categorias do Oscar, em 2004. A história do filme é narrada pelo personagem Buscapé que retrata a formação de um dos bairros mais perigosos do Rio de Janeiro na década de 80. Neste contexto, Buscapé foge das armadilhas que o destino prepara e ele se dedica à fotografia, escapando da vida ligada ao crime, tradição do lugar onde vive.

O filme é um retrato fiel da proximidade do mundo criminoso com os moradores de periferia existente no Brasil. Para produzir o filme, o diretor optou pela utilização de atores da comunidade que fossem amadores e, à partir daí, conseguiu transmitir uma verossimilhança maior para os espectadores.

A obra de Fernando Meirelles participou dos principais festivais de cinema de todo mundo, incluindo o Festival de Cannes, onde teve seu lançamento internacional. O filme entra na lista de filmes dramáticos brasileiros que ganham repercussão na mídia mundial, por retratar uma realidade próxima das populações mais carentes no País.

 

Saiba mais sobre ‘Cidade de Deus’

 

 

Posted in Cultura, Entretenimento, Habitação | 1 Comment »

‘Minha periferia’ chega a novas comunidades

Posted by jornalutopia em outubro 14, 2008

O quadro apresentado por Regina Casé no Fantástico, programa jornalístico exibido aos domingos pela Rede Globo, é com certeza uma das principais ferramentas de divulgação do comportamento nas periferias do Brasil e do mundo. O quadro se dedica a mostrar a forma de viver, interagir e pensar de moradores de favelas e áreas de pobreza. Um dos destaques é a inclusão de dados estatísticos sobre problemas agravados pela insuficiência de renda nestes locais. Os temas apresentados vão desde violência doméstica a empregos informais. O que diferencia o quadro de outras reportagens é a utilização de informações mais amplas e diversificadas, atingindo um número maior de temas e, portanto, não se limita aos problemas. Em um dos programas gravados em Moçambique, Regina Casé revela um dos inúmeros salões a céu aberto que modificam os penteados dos moradores. Acreditar neste diferencial é uma das marcas da atriz e apresentadora que sempre se ofereceu programas que mostrassem a verdadeira realidade existente no Brasil. Em seu extinto programa Brasil Legal, ela viajou por todo país mostrando pessoas que mesmo não tendo uma condição estável, conseguiam criar alternativas que abrandassem os graves problemas que os cercavam.

 

+ Saiba mais sobre o programa

 

 

Posted in Cultura, Economia, Educação, Entretenimento, Habitação | 1 Comment »

‘O cortiço’ revela curiosidades sobre a vida carioca

Posted by jornalutopia em outubro 14, 2008

Um dos livros mais famosos do escritor Aluísio Azevedo trata de um tema bastante complexo existente nos dias atuais: habitação. A obra traz uma referência direta a um cortiço carioca do século 19. Nesta época o Brasil já possuía problemas de habitação e isso é revelado no texto de O Cortiço. Em sua descrição o autor, revela uma relação bastante próxima entre a classe média e a marginalidade.

O cortiço passa uma grande transformação ao longo do livro e se transforma numa moradia dedicada a classe média. Um dos personagens centrais do livro, João Romão, persiste por toda a narrativa em sua fixação em acumular fortuna à custa de exploração dos mais pobres e assumir uma posição social semelhante a de seus vizinhos que vivem cercados de luxo, mas estão em verdadeira decadência.

A obra de Aluísio Azevedo no transporta para uma imagem alegórica da vida que cerca os moradores de zonas precárias. Para isso, ele acumula uma série de comportamentos, histórias e falas que se apropriam de características dessas pessoas que existem até hoje em nosso País. Uma série de dramas humanos são retratados no livro e que ganham mais veracidade devido a influência que o cortiço exerce sobre seus moradores, tudo passa a ser mais real do ponto de vista social.

 

+ Leia mais sobre ‘O cortiço’

 

Posted in Cultura, Educação, Entretenimento, Habitação | 1 Comment »