Utopia Online

Archive for the ‘Política’ Category

Centros de informática criam alternativas em comunidades carentes

Posted by jornalutopia em novembro 2, 2008

Mariane Simon

A informática está presente em todas as ações do cotidiano, por isso é de extrema importância o acesso à informação, principalmente no mercado de trabalho e no ensino. Porém, o conhecimento ainda está restrito às classes economicamente superiores.

 

Com o intuito de diminuir esse problema, foram criados os ‘Telecentro’, nas cidades do estado de São Paulo, onde a população tem acesso a microcomputadores e a aulas de informática, gratuitamente. 

 

Para Thiago Guimarães, coordenador de uma unidade ‘Telecentro’, a transformação social pode começar através de projetos que incentivem uma equiparação de conhecimento. “O acesso à informação, proporcionada pelo uso dos computadores conectados à internet, pode levar à inclusão social”.

O projeto criado por Marta Suplicy, na prefeitura de São Paulo tem dados frutos, inclusive a criação de oficinas que complementam a inclusão digital. O projeto não se limita a ensinar ferramentas e utilização de computadores, mas busca um crescimento do participante pessoal, intelectual e social. A iniciativa tem dado tão certo que outros órgãos têm criado centros de informática semelhantes:

·         A Rede Floresta de Telecentros

·         O Telecentro de Informações e Negócios

Para Guimarães, a falta de indicadores de qualidade dos projetos de inclusão digital se torna um problema, pois não há formas de avaliar se os objetivos do projeto são alcançados integralmente por todos os envolvidos. Para o coordenador, “não adianta só instalar computadores na periferia e falar em cidadania, precisamos saber, via indicadores, os resultados do projeto”. “A demanda não seria só saber acessar, mas saber o que acessar na internet”, finaliza Thiago.

Essas iniciativas, como a criação dos telecentros, precisam ser disponibilizadas para um número maior de pessoas para que haja um aumento quantitativo e qualitativo de pessoas incluídas digitalmente.

Anúncios

Posted in Cultura, Política | Leave a Comment »

A crise americana e seu impacto mundo afora

Posted by jornalutopia em outubro 24, 2008

Guilherme Moraes

 

Em 2008 o mundo passa por uma turbulenta crise econômica que ameaça todos os mercados. A crise começou nos Estados Unidos e se expandiu para os mercados europeu e asiático. O Brasil e a China com economias estáveis aparentam passar por ela sem grandes assaltos. O grande receio é de economia americana -a maior do mundo – entrar em recessão acentuada. As bolsas de todo o planeta sofrem grandes baixas.

 

O colapso começou nos Estados Unidos quando em um período de baixas taxas de juros e valorização dos imóveis. Com os juros em baixa, os consumidores se sentiram estimulados a comprar. Os americanos se afundaram em dividas com hipotecas imobiliárias. Em 2003 a taxa de juros no país chegou a 1% ao ano, a menor taxa desde os anos 1950. Em 2005 em pleno “boom” do mercado imobiliário, comprar uma casa era um excelente negócio tanto para quem queria um lar, investir ou ainda quem renegociou a dívida antiga.

 

 Neste último cenário, os bancos além de financiar a dívida davam mais dinheiro para o consumidor gastar. Essa prática é comum no Brasil para quem compra carros a prazo e recebe metade do valor do financiamento em dinheiro. Foi neste ano também que os bancos americanos resolveram arriscar em apostar em clientes chamados “subprime”, um nicho em sua maioria com histórico de inadimplência, dificuldade de comprovar renda e baixos salários.

 

Essa parcela de consumidores representa um grande risco, mas por ser mais arriscado o retorno também seria maior. Os hipotecários empolgados com as vendas emitiram títulos lastreados que foram vendidos a bancos que emitira mais títulos, espalhando-os pelo mercado financeiro global.

 

O quadro mudou quando em 2008 o FED (Federal Reserve – O banco central americano), aumentou a taxa de juros visando controlar a inflação interna. Como resultado a inadimplência aumentou. Com isso o preço dos imóveis despencou afetando o mercado de crédito que havia investido um grande capital nos títulos.

Instalou-se assim uma crise de confiança. Os bancos que estavam perdendo com a inadimplência dos consumidores, passaram a perder também com os títulos comprados. Sendo assim, as instituições financeiras passaram a não mais emprestar dinheiro, desacelerado a economia americana. 

 

 

 

 

 

Posted in Economia, Política | Leave a Comment »

Portinari transporta a expressividade humana para telas

Posted by jornalutopia em outubro 15, 2008

Quem nunca se deparou a analisar uma das mais conhecidas obras de Cândido Portinari, Os retirantes? A obra revela em seus traços uma realidade vivenciada por muitos nordestinos, ainda hoje.  Através de pinceladas fortes e cores suaves, a obra expõe a imagem de pessoas em total miséria que abandonam seus locais de origem para fugir da pobreza extrema que vivem.

Portinari foi um importante artista plástico, pois retratou em muitas de suas telas um país dos excluídos, não se preocupando em retratar somente paisagens ou a nobreza. Outras obra de uma relação estreita com a realidade, são as telas Criança Morta, Morro e Café. As obras de Portinari somam um total de quase cinco mil obras, que vão desde pequenos desenhos a murais imensos. Um fator relevante é que grande parte da obra do pintor, 95%, está em coleções particulares, longe da fonte que inspirou suas telas. O pintor nascido no início do século 20 é considerado um dos maiores nomes das artes plásticas no mundo. Com um acervo de aproximadamente 5 mil obras, Portinari retratou uma síntese de aspectos da sociedade brasileira, além é claro de se preocupar com questões mundias, como os dois grandes painéis que estão na sede das Organizações das Nações Unidas, em Nova Iorque, intitulados Guerra e Paz.

+Conheça mais sobre ‘Portinari’

Posted in Cultura, Entretenimento, Política | 1 Comment »

Desigualdade social no horário nobre

Posted by jornalutopia em outubro 14, 2008

A novela Duas Caras, exibida pela TV Globo, teve entre os seus principais temas a ocupação de uma área abandonada por trabalhadores nordestinos que estavam desabrigados e que formaram a favela da Portelinha. A comunidade se desenvolveu e passou a abrigar um número grande de personagens que eram o elo entre outros núcleos da trama.

O mais relevante é que a novela tratava de fatos comuns como alcoolismo, preconceito, prostituição e violência, porém a estrutura da favela não se rompia devido à interferência do personagem Juvenal Antena, interpretado pelo ator Antonio Fagundes, e pelo espírito de união e comunidade que fazia parte dos personagens da novela. A trama foi exibida no horário nobre da emissora de maior audiência do País. A história teve um papel de importância no afastamento de relações entre pobreza e desorganização, devido às atitudes e posições políticas adotadas pelos personagens, mesmo possuindo um líder ditador e ao mesmo tempo muito próximo aos problemas de sua comunidade.

 

+ Saiba mais sobre ‘Duas Caras’

 

Posted in Entretenimento, Habitação, Política | 1 Comment »

‘O meu guri’ é alerta para a sociedade

Posted by jornalutopia em outubro 14, 2008

O caso de Chico Buarque é extraordinário, um dos compositores que mais tratou do tema desigualdade em suas músicas, seja econômica, cultural ou de direitos. A letra é uma das obras que influenciaram e continuam a levar reflexão a diversas pessoas de posições sociais diferentes.

O meu guri faz referência clara ao caso da violência urbana causada pela desigualdade de renda. O personagem central da música é um garoto que vive com problemas financeiros e que passa a cometer assaltos para conseguir uma renda para se manter. A canção leva a pensar nos seguintes aspectos: Até que ponto a falta de recursos básicos interfere no amadurecimento de jovens?

A desigualdade é capaz de produzir frutos devido à sua influência ou cada indivíduo já nasce com as características que irá demonstrar durante a vida? Dedicar algum tempo para conhecer a obra de Chico Buarque é uma possibilidade de obter um retrato fiel da sociedade brasileira.

 

‘O meu guri’

+ Saiba mais sobre o músico

 

 

Posted in Cultura, Economia, Entretenimento, Manifesto, Política | 2 Comments »